Crédito

No ônibus.
Não sei se era tia de sangue, mas era próxima e era como as meninas a chamavam:

– Sei que a gente não tem crédito, mas também acho um absurdo quem não atende ligação a cobrar, tia.
– É verdade, eu também, tia!
– Imagina, se tivesse acontecido alguma coisa com as meninas. A sorte é que não. Mas era uma urgência e a pessoa não atendia a cobrar. Por isso eu acho que você tinha que colocar crédito no nosso celular. Imagina se essas meninas ficam largadas na cidade, a noite toda? E se fosse um seqüestro?!
– Olha, sei disso, mas eu não estou com dinheiro agora. E uma vez eu já fiquei assim na cidade. Foi na época do PCC, lembra? Eu fui a pé da Lapa até Pinheiros, porque não tinha ônibus. E isso, super tarde da noite.
– Sério, tia?! E você não ficou com medo de ser seqüestrada?!
– Eu? Seqüestrada?! Não tenho dinheiro nem pra colocar crédito no celular!

Anúncios

7 Respostas para “Crédito

  1. Medo de seqüestro é pro fracos.

  2. Hahaha… essas piadas espontâneas são as melhores!

  3. Ga, sempre gosto do q vc escreve e de como retrata as coisas como elas sao..mais uma vez, parabens!!

    qd vc tiver o seu jornal, eu vou comprar sempre!

    bjo

  4. concordo com cada palavra da Marininha, Ga.
    [eh a Marininha Rehder ai em cima, ne?]

    Qual vai ser o nome do jornal?

  5. hehehehe
    boa ga!
    abraço

  6. Manoo!!

    Eu te curto escrevendo!!!

    paz

    Rafa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s