Contato humano é o sovaco na sua cara

Eu procuro sempre dar bom-dia ao motorista do ônibus. Quando pego táxi, o mínimo é falar “Boa tarde”, comentar algo sobre o trânsito e o tempo. No metrô, sem chance. A não ser que você entre nele em estações finais e veja alguém de cinza entrar correndo na cabine do primeiro vagão, não dá pra saber nem se é homem ou mulher que está no controle. Até a voz que diz “Próxima estação: Vila Mariana” já é gravada.

Deve ser muito triste conduzir o metrô ou o trem. Sem ninguém para perguntar se ele passa perto do Largo da Batata [nem precisaria, já que o trajeto é pré-determinado], sem ninguém para agradecer a gentileza de sorrir e nenhum cobrador para bater papo na hora do congestionamento [que também, não há].

A invenção do Metrô, para mim, é uma analogia perfeita da modernidade. Asséptico, sem muito contato humano [com quem pilota], sem rodeios e enrolação [uma linha reta com pequenas curvas] e praticamente automatizado. Se tirassem os condutores e colocassem aqueles bonecos “Ricardão”, ninguém perceberia a diferença.

Você fica atrás da linha amarela, chega um ‘gavetão’ com vários compartimentos, entra-se nele, desce-se na plataforma desejada e pronto. O máximo de contato humano é o sovaco que ficou na sua cara. E o transporte da modernidade não tem ar-condicionado.

Anúncios

5 Respostas para “Contato humano é o sovaco na sua cara

  1. É… hoje no metrô duas pessoas vieram tentar falar comigo, mesmo eu usando fones de ouvido, do qual é um instrumento de afastar pessoas! 😛

  2. só lembrei de uma coisa: os condutores do metrô são só pra “acalmar” o usuário… eles não fazem nada, só “cantam” a próxima estação. Até onde sei, é tudo automágico 😀
    aliás, desodorante é um acessório que pode ser distribuido fácil, tanto em metrô como nos ônibus. Haja sovaco fedido, né, não?

  3. Quatro coisas:

    1) Não tem ar em São Paulo. Porque até no Rio de Janeiro metrô tem ar condicionado.

    2) Concordo. O mínimo é falar “bom dia” ao motorista, mas puxar assunto no taxi sobre o clima é demais. Pior que seis meses atrás quando você entrava no elevador e alguém logo perguntava: “E aí, já viu Tropa de Elite? No cinema ou pirata?”. Enough, haha!

    3) Achei o post bacana e a analogia bem válida.

    4) Não tem item 4.

  4. Gabriel,

    Como sua ironia não foi educada, eu prefiro dar credibilidade ao email recebido e o texto continuar sendo assinado pelo Jabor, até que o mesmo venha dizer que não foi dele.

  5. é mesmo… condutor de metrô só está lá para te dar a sensação que tem gente ali… se bobear são até robôs… vc conhece algum condutor do metrô?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s