Ela estava cansada de ser namorada de alguém

flor_osegovia– Cara, foi muito fácil ela dar pra mim.
– Nossa, a que eu fiquei também! Só joguei um xaveco furado e pronto.
– Caramba… comigo a mesma coisa! Será que teve alguém aqui que ‘não se deu bem’, nesse final de semana?
Ele ficou calado. A única coisa que a guria ‘dele’ havia dado foi um beijo. Pelo que ela me contou, mais por dó [ou misericórdia] do que por qualquer jorro de hormônios no sangue. Ela estava cansada de ser namorada de alguém e não pensava em se envolver com qualquer ser humano do sexo oposto por um bom tempo.

Eles haviam viajado juntos por acaso. A amiga de anos chamou-a para um feriado prolongado na praia. O namorado da amiga chamou-o. Todos na casa ficaram com todas da casa. Menos os dois. Ela se chamava Sofia. Quando ele pediu o telefone dela, o que ouviu foi: “Ah, peça para minha amiga”. Ela não queria mesmo qualquer relacionamento.

Ele voltou para São Paulo e foi dar plantão [era médico] no mesmo dia. No meio da madrugada, atendeu um caso que parecia existir de longe, apenas em filmes, contos ou crônicas. Uma família voltava da praia, quando o carro perdeu o controle e capotou. A única sobrevivente foi a caçula da família, de 6 anos. Quando a menina acordou, ficou perguntando pela mãe dela, pois acordou com medo por estar sozinha. Ele teve que explicar o que aconteceu. Mais tarde, parecendo já haver entendido sua situação, a menina falou:

– Agora que eu vou ficar sozinha, você quer ser meu amigo?
– Claro que eu quero! Vou ser seu amigo sim.
– Anota o meu telefone então, para você poder me ligar e ser meu amigo… Ah, o meu nome é Sofia. Você conhece alguma outra Sofia?
– Conheço…
– O que foi? Ela é sua amiga também?
– Hum… não sei. Mais ou menos.
– Ah! Ela é sua namorada então! Hihihi.
– Olha, eu gostaria que fosse…
– Então vamos fazer o seguinte: eu só deixo você me ligar e ser meu amigo se você ligar para ela também. Combinado?
– Combinado.

Ele conseguiu o telefone dela. Ligou.
– Oi Sofia. Sei que não tem muita vontade de falar comigo, mas eu precisava te ligar…
_______________

Foto: Oscar Segovia [a.k.a. Chile]

Anúncios

3 Respostas para “Ela estava cansada de ser namorada de alguém

  1. Own.

    Marejei: procuro tratamento?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s