Equilíbrio

A esperança é a última que morre. Mas, às vezes, acho que deveria ser a primeira. Essa esperança de que as coisas podem ser melhores, ou pior, a esperança de que as coisas vão melhorar, muitas vezes, nos paralisa para a mudança. Ficamos acomodados e esperamos que a vida se resolva, para que possamos seguir em frente. Um amigo diz que o mundo não pertence aos otimistas, pois, ao esperarem que tudo dará certo, muitos sentam e esperam. Quero o equilíbrio. Ter a esperança necessária para não me tornar um cético, enquanto aprendo a não esperar por ela e só, tornando-me, assim, um romântico obsoleto.

Anúncios

Uma resposta para “Equilíbrio

  1. Eu já nasci sob o signo dessa palavra. Sou cheia da esperança inútil que divide o ser.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s